De Curitiba para New York

Se você pudesse escolher somente um lugar no mundo para trabalhar com o que você ama, um ponto que resumisse a essência do destino – qual seria? Muitos brasileiros possuem o sonho de sair do país para conhecer novos lugares, estudar e até mesmo empreender.

No caso da curitibana Michelle Cadari, 28, ela decidiu embarcar para a capital do mundo em busca do American Dream – O sonho Americano, o mesmo sonho sonho que muitos brasileiros que muitos acabam desistindo por medo de tentar. Hoje, vamos conhecer a história da jovem empreendedora que está conquistando a capital do mundo com seu trabalho.

Filha de Artista gráfico, do tempo da tinta nanquim, Michelle tinha menos de 10 anos e observava seu pai criar, até porque a sua casa dividia espaço com a serigrafia dele! 

Lembro que achava o máximo ver como ele restaurava fotos antigas, coloria fotos que eram PB, também era curiosa em saber como ele criava tantas formas, letras e desenhos em uma telinha de computador e no outro dia o que eu vi, virou uma impressão publicitária de 30m de altura, ou estava estampado em uma camiseta!

Cresci “brincando” de fazer convite de aniversário para amigas, logo para a empresa da minha tia, e editando muita foto! Eu era literalmente louca com fotografia, mas na época não tinha condições de comprar a própria câmera, então me contentava em usar as dos meus tios quando nos reunimos em alguma festa de família! Eu pegava a câmera e ficava clicando todo mundo, pedindo para fazer pose, até me mandavam parar, pois eu não tinha limites, quando eu mostrava a foto depois de editada, ficavam doidos com o resultado.

Em 2012 através do Prouni, apliquei para uma bolsa de estudos em DESIGN na PUC, e como tirei uma nota acima da média, ganhei 100% de bolsa! Foi o dia mais feliz da minha vida!

Através dos primeiros clientes, decidiu criar um Instagram como portfólio, e poucos meses depois teve a oportunidade de fotografar uma grande influenciadora brasileira aqui nos EUA, A Bianca Andrade, recém saída do BBB20, conhecida como Boca Rosa.

Foi um susto para mim, lembro que eu chegava suar de medo de ela não gostar das fotos quando eu mostrava para ela na câmera, afinal ela estava acostumada com grandes profissionais, e eu ainda estava engatinhando! 

Resultado: Ela amou as fotos! Passamos mais de um dia fotografando pelos principais pontos da Big Apple! (New York para os íntimos).

E foi assim que tudo começou, nascendo então a @FOTOGRAFABRASILEIRAEMNY , com dezenas de visualizações em seus posts, Michelle começou a receber muitos pedidos de orçamentos, e atender com mais frequência. Depois de exatos 1 ano, decidiu deixar de lado a dupla jornada de baby-sitter e fotógrafa, após passar meses dormindo menos de 5 horas por dia, até criar segurança e ter uma certeza maior de que conseguiria se manter como autônoma. – conclui Michelle.

Meus primeiros “clientes” foram as crianças que eu cuidava e amigos próximos! Todos me apoiaram muito a seguir como carreira, foi quando comecei atender os primeiros clientes, como a festinha das crianças que eu cuidava. A mãe deles, minha patroa no caso, fazia questão de pagar, antes de eu pensar em cobrar ela já me incentivava a levar como profissão. Eu preciso muito agradecer ela por tanto apoio!

Michelle relata que, sempre gostou de estudar o mercado e escutar seus clientes, assim consegue ter uma leitura melhor sobre onde pode melhorar e inovar. A alta do dólar afetou todo mercado de turismo e com isso mudou também a maneira de consumir do turista, o que afeta diretamente no nosso bolso também.

De 2018 para cá, com a popularização das redes sociais, surgiram novos fotógrafos que atuam no mesmo segmento, desde os profissionais até os mais amadores. Alguns vivem só da fotografia, outros tem ela como renda complementar.

Para mim, fotografia vai muito além de um ‘click’, tem que ter o olhar de poeta, muita técnica adquirida dia após dia de repetição e estudo e um bom equipamento. Sem um dos três, provavelmente não teremos um bom resultado. Cada cliente que me procura tem uma história, para muitos, NYC é um sonho, quando meu cliente me pede orçamento, eu já tenho 1 ponto ao meu favor, ele me escolheu pois se identificou com meu estilo de fotografia!

Quando falamos em mercado empresarial, estamos falando de um segmento competitivo! E destacar-se dos demais é extremamente importante. Contratei programas que me auxiliam na qualidade de atendimento do cliente, investi em identidade visual com o objetivo de fortalecer a marca do meu negócio. 

Quando deixou seu trabalho como baby-sitter, passou a ter mais tempo para cuidar da empresa, começando então a fazer uma pesquisa de mercado, e descobriu que tinha um imenso mercado de turismo em NY, na época tinham 1 ou 2 fotógrafos do mesmo segmento em NY e em Paris também! Foi então que começou a estudar o modelo de negócio deles, já que havia decido a entrar no mercado de cabeça, precisou estudar os concorrentes para buscar um diferencial!

Mas eu não vim para NY a passeio! Quando eu escolhi ser dona do meu negócio, eu assumi os riscos. Tive medo! Mas fui com medo mesmo! Sabia que o meu sucesso seria proporcional ao meu empenho! Quando eu penso em desistir, eu automaticamente lembro do porquê eu comecei! 

Por fim, a jovem curitibana deixa uma mensagem para você que tem o sonho de poder empreender e ou trabalhar com o que ama em qualquer lugar do mundo, é essa:

Tem uma frase que diz `Não é fácil chegar ao topo, mas ficar nele é ainda mais difícil`, e é verdade, se destaca aquele que tem resiliência e criatividade!  Nunca se falou tanto em INOVAÇÃO, mas não vejam essa palavra apenas como criação de novos produtos, inovar é se reinventar, desde ideias ou serviços ou processos. 

Para aqueles que querem entrar no mercado da fotografia em NY ou em qualquer lugar do mundo, eu digo que sou a primeira a apoiar!  Fotografia é expressão da alma, talvez você já SABE ou algumas pessoas te DIZEM que você tem aptidão para isso! Esteja alerta aos sinais! Pratique! Pratique! Você está no caminho certo!

Junte-se a nós, compartilhe suas ideias e torne-se uma autoridade. A Comunidade Connect tem os melhores mentores com as melhores experiências para compartilhar com você. Participe agora e trabalhe o perfil empreendedor para o seu negócio. E aproveite, quanto mais você trabalhar pelo seu negócio, maior será a sua recompensa. Siga nossa Trilha do Sucesso e torne-se um empreendedor de destaque.

3 thoughts on “De Curitiba para New York

  1. Conheço de perto, bem pertinho mesmo, o trabalho e a trajetória da Michelle, posso dizer com excelência, que o que ela faz, faz com corpo, alma e coração. É uma pessoa querida, uma fotógrafa simples, mas não uma simples fotógrafa. É aquela pessoa que, sem passar por cima de pessoas, está mostrando para o mundo porque que veio. Curto e compartilho! Parabéns pela reportagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *